19.12.11

Se eu fechar os olhos agora


"The only way to do great works is to love what you do. If you have not find it yet, keep looking. Do not settle. As with all matters of the heart, you will know when you find it" Steve Jobs

Arte e cultura - Andruchak

Faz tempo que não escrevo no blog. 
2011 foi um ano muito difícil, mas repleto de pequenas imensas alegrias. Houve alguns momentos, principalmente no começo deste ano, que fechar os olhos era um grande problema por presenciar o imenso e grande vazio de se perder alguém tão querido.
Ao fechar os olhos hoje, contudo, vem aos meus olhos apenas a doçura de um olhar arregalado. O sorriso de um "jura juradinho" doce.
O ano de 2011 termina com um misto de uma alegria triste ou uma tristeza alegre. Mas tenhamos força, tenhamos ímpeto!
Ao fechar os olhos vejo como tudo se encaixa.
Não que as pessoas sejam substituídas por outras, mas é como se Deus nos dissesse que há muito mais vida pela frente, muitas alegrias a serem experimentadas e que um novo tempo ainda melhor está para começar.
Uma grande tempestade serve muitas vezes para limpar o solo e nos proporcionar aquele céu azul que tanto gostamos.
Hoje, quando fecho os olhos, sinto uma alegria imenso de quem tem completamente preenchido todos os vazios da alma e está a ponto de explodir de tanta felicidade. 
2011 afinal é como esse texto, paradoxal. 
2011 foi o ano que a felicidade, a ternura, o amor veio até mim e pela primeira vez, por não ter forças para correr, não corri dele.
Termino 2011, mudado nas coisas que podiam e estavam na hora de serem mudadas.
Que venha 2012. A vida tem muito mais sentimentos do que havia imaginado.
Abraço forte!
Até mais.

Postar um comentário