29.12.11

Bebida mata


Certamente esta não é uma postagem para os meus valorosos amigos que bebem moderadamente em festas e são muito responsáveis. Mas não poderia terminar o ano sem fazer essa postagem.
Vivi e conheço o drama de pessoas e famílias que são destruídas por essa droga que se chama bebida alcoolica. Não que eu não as consuma. Como disse no começo da postagem, essa não é uma postagem para aqueles que as consomem com parciomônia nos finais de semana. Mas reflita: o seu amigo, seu filho ou até mesmo seu pai podem não ser tão fortes quanto você e sucumbir neste mal que é a terceira causa de morte evitável no mundo. Estas não são responsáveis apenas pela destruição de famílias em acidentes de trânsito, mas também pela tortura de famílias inteiras ao conviver com um doente. Por isso reflita bem antes de propagandear o que pode destruir famílias inteiras. 
Você pode, ao ler esse texto, pensar logo que outras coisas matam também se não usadas direito. Contudo de acordo com a Sociedade Brasileira de Psquiatria, o alcoolismo acomete 12% da população e matou em torno de 13 pessoas a cada 100 mil habitantes (nos últimos seis anos). O álcool é responsável por 60% dos acidentes de trânsito e aparece em 70% dos laudos cadavéricos de mortes violentas.
Todos sabem que fotos com bebida pouco aparecem no blog. 
Sinceramente não consigo mais me divertir ou achar graça em um doente que bebe desvairadamente até cair, destruindo muitas vezes sua vida em anos, juntamente com a da sua família.
Sinceramente não vejo glamour nenhum em mulheres e homens sarados na praia bebendo seu primeiro copo de cerveja. Eles mostram o começo da festa, gostaria que mostrassem o fim.
Não vejo graça em tantos mortos prematuros.
Desculpem sinceramente também pela postagem, talvez não sirva para você, mas tome cuidado, eles não merecem que você divulgue as marcas deles em blogs e redes sociais.


Não dá para esquecer que a bebida em excesso mata aos pouco pessoas e famílias.
Cuidado.

Postar um comentário