25.3.13

San Antonio

"A paciência é o baluarte da alma, ela a fortifica e defende de toda perturbação.” (Santo Antônio de Pádua)


San Antonio, a sétima maior cidade americana, é o lugar perfeito para começar a entender a história do Texas, afinal foi aqui que o Texas tomou forma.


Para conhecer a reviravoltas desta história de luta por um Estado independente vale a pena conhecer o Alamo, atração turística de San Antonio, com entrega gratuita. Alamo é um museu conservado e repleto de história. 
Não vou falar muito da história do Texas e da incrível resistência dos texanos dentro do Alamo em prol de um Estado independente, minha intenção é apenas "atiçar" a busca.


San Antonio é um local caro para visitar, até mesmo pela pouca oferta de quartos em albergues e pelo local belíssimo. Um agradável surpresa foi o Christmas Bed and Breakfast, um hotel barato para os padrões da cidade e que oferece muito mais que uma estadia, mas uma experiência: estar o ano inteiro em clima de Natal. 
Basicamente tudo no hotel tem essa decoração. Cama, edredom, toalhas e todo o resto parecem ter parado na época do Natal ou antecipado ele. A dona, Penny, é extremamente gentil e muito disposta a ajudar. Deu-nos todas as orientações para aproveitar a cidade em praticamente um dia de estada. A entrada reservada aos hóspedes nos faz sentir em casa. O café da manhã foi uma surpresa a parte, delicioso.


Com um excelente lugar para se hospedar é hora de conhecer o porquê de estar em San Antônio.. Além da parte histórica que é importantíssima, a cidade possui uma das mais belas vistas que tive nos Estados Unidos. San Antonio é uma mistura de Triste com Veneza, com o rio San Antonio cortando lindas paisagens construídas pelo homem.
Vale demais passear às margens do rio de cor lindíssima, principalmente nos dias ensolarados. 


Aproveite também para passar e conhecer a loja do Guinness Book. Há um acervo pago reservado, mas optei por me restringir ao gratuito que já vale muito.
Outro ponto turístico e que você não deve deixar de ir é a Torre das Américas. O preço é super camarada, ao redor de 10 dólares e lhe permite ter uma vista incrível, conhecer mais um pouco da história do Estado e assistir a uma filme 4D, que na verdade deveria se chamar 5D (3D do cinema com óculos, 1D do tempo e 1D das sensações). Só o cinema já vale o preço.
Medroso do jeito que sou estava receoso de subir em um elevador panorâmico por mais de 190 metros de altura. O medo superado é muito recompensador.


Bom acho que já escrevi demais. Espero ter dado um bocadim da impressão desta cidade que vale a pena voltar e voltar e voltar ...


Abração pessoal.
Até mais.


Postar um comentário