29.9.12

Minha reverência, sua gracinha

"Não tenho direito de pedir nada, só agradecer" (Hebe Camargo)



Estava almoçando quando de repente vi a imagem, apenas a imagem de Hebe Camargo em um dos monitores e pensei logo que até o Jornal Hoje estava noticiando a volta da magnífica apresentandora ao SBT. Doce engano, em questão de segundos me dei conta que poderia ser algo triste e chequei no celular o que realmente nunca gostaria de ter lido. 
Ela se foi. Se foi a brasileira que dava a brasilidade a TV. Se foi Hebe Carmargo, dona de um sorriso maravilhoso, de uma energia de vida contagiante.
Poucas são as palavras que podem defiinir o que sinto com essa perda. Que fique apenas registrado que sou um fã declarado da sua irreverência e reverencio a, sem dúvida, maior apresentadora que se teve notícia.
Perdemos o brilho eterno de uma figura emblemática, que parecia uma tia, uma avó que entrava em nossas casas para nos fazer rir, pensar e cultuar a vida. 
Hebe viveu como se nunca fosse morrer e o fatal momento precisou pegá-la dormindo.
Meus aplausos e minha mais profunda reverência a você, sua gracinha, que fez desses meus 29 anos, anos em que a segunda-feira era o dia da Hebe!
Não tenho mais palavras, ficará o exemplo de quem sempre dá Graças a vida!
Saudades!

Postar um comentário