17.1.09

Antológico

"Você é a minha Favorita"
(da novela A Favorita de João Emanuel Carneiro)



No vídeo: Beijinho Doce (Faísca e Espoleta)

Não sou muito noveleiro, mas gosto de assistir ao menos um pouquinho do que passa na tv aberta brasileira.
Tenho que confessar que senti falta dela e da sua qualidade quando estive nos Estados Unidos. Nossa produção é realmente de se orgulhar.
O começo deste ano foi particularmente fantástico. Maysa, a minissérie da Rede Globo se mostrou uma obra-prima com uma fotografia espetacular e uma cena, da morte da protagonista, produzida pela primeira vez em nosso país por computação gráfica. Incrível.
Mas esta postagem é para uma das melhores novelas de todos os tempos, na minha opinião e na opinião de grande parte dos críticos de tv. A Favorita termina com uma audiência modesta se compararmos a outras produções da própria Globo como a A Próxima Vítima que atingiu 81 pontos de pico em seu último capítulo. Devemos perceber, contudo, que os tempos são outros, menos pessoas assistem tv e há muitas outras opções no horário. Mesmo assim A Favorita atingiu em seu penúltimo capítulo 53 pontos de média e um share de aproximadamente 75%, ou seja em cada 100 televisores ligados, 75 estavam ligados nesta incrível história.

No vídeo: Abertura de A Favorita


Não costumo, se observarem o histórico do blog, comentar tv, visto que entendo que o público que lê o blog é bem variado. Costumo comentar um pouco sobre os filmes que assisto. Contudo não há como não comentar e aplaudir João Emanuel Carneiro e sua primeira novela das oito.
Seja bem vindo grande autor, autor dos ganchos incríveis, do suspense fantástico e dos enigmas. Há muito tempo não tenho tanto prazer em ver novela como eu vi esta minha A FAVORITA.
Fico com as palavras de Regina Duarte: 
"Ri, chorei, tive raiva, me compadeci, tive taquicardia, me deslumbrei com a luz que sempre emanou de tudo e de todos nesse melodrama rasgado”.
Grande abraço.
Até mais.
Postar um comentário