29.3.12

O Trabalho

"Esnobar é exigir café fervendo e deixar esfriar" (Millôr Fernandes)


Ufa ... quanto tempo sem escrever no blog. Há muita vida aqui fora e esta consome o tempo da vida daqui de dentro. Há muitas postagens que nesse período gostaria de fazer, uma inclusive ao genial Chico Anysio.
Contudo vou falar de algo que talvez muitos critiquem, o final da novela das 9.
É bacana perceber como a gente aprende com tudo ou como um autor consegue traduzir, em um discurso, um pensamento tão bacana. Este foi o caso da personagem Griselda, da novela Fina Estampa, ao fazer um discurso de formatura para seu filho. Vejam que bacana.
Faz três anos me convidaram pra vir aqui fazer um discurso. Desde então venho me preparando, mas até agora não sei direito o que falar. Imaginem só a responsabilidade: alguém como eu, que teve pouco estudo, dar um recado de otimismo e esperança para uma turma de formandos de medicina, abrir pra eles com minhas pobres palavras uma janela pro futuro? O que eu tenho a dizer pra vocês é que o estudo é importante. O saber é uma benção. Mas não é um diploma que faz um homem, e sim, o valor que ele dá ao seu trabalho. O estudo prepara, mas o trabalho duro e honesto é que dignifica. Sim, estudar é uma benção. Mas ninguém é menos que outro porque não pode estudar… E todos devem ser iguais no valor que dão ao que fazem: seja qual for a tarefa, deve ser feita com honestidade, com integridade, com alegria… E com orgulho. Pois o trabalho, bem feito e honesto, é que faz o mundo andar e a vida dar certo… Assim como é o caráter, e não os títulos, e menos ainda a aparência, que faz a nossa caminhada no mundo valer a pena, pois nos torna uma pessoa de verdade. Essa é minha mensagem de otimismo e esperança pra vocês, jovens que estão na boca pra ocupar seus lugares no mundo: sejam honestos acima de tudo… Façam um bom trabalho… E amem o seu próximo”.

São poucas as atitudes que eu abomino e uma delas é a arrogância. Não apenas pelo fato de magoar pessoas ao redor, mas por entender que a arrogância, de uma maneira ou de outra, leva o indíviduo a decadência completa. Como diz o texto não é estudo que faz as pessoas melhores que ninguém e sim o trabalho feito com honestidade e da melhor forma possível que aquela pessoa pode fazer. Sejamos cuidadosos ao avaliar o trabalho de alguém pois amar o próximo é também se colocar no lugar dele e pensar como gostaríamos que agissem se fosse conosco. Todos tem um passado, uma maneira de pensar e o que podemos fazer é ao menos ouví-las e analisar o que elas dizem. 
Grande abraço.
Até mais.
Postar um comentário