30.3.12

Genial

"Não me envergonho de mudar de idéia, porque não envergonho de pensar" (Pascal citado por Chico Anysio)

Este é um dos quadros que mais gosto do Fantástico: O que vi da vida. Apesar de depender bastante do convidado, a entrevista é feita de uma maneira tal que permite entender com clareza e muitas vezes de maneira única o que o convidado diz.
Nesta vemos Chico Anysio, e apesar de debilitado, vemos ali toda a genialidade de um homem que compôs, pintou, interpretou, dirigiu, cantou... vemos ali um pouco também da vida pouco conhecida de alguém que apesar de divertir, chorou.
Independente de gostar ou não, sinto-me no dever de prestar essa singela homenagem a, certamente, um dos maiores artistas que o país já viu. 
Fico feliz por estar percebendo que agora, apesar de ainda pouco, estarmos valorizando mais nossa incrível gente, até porque a valorização está muito ligado ao caráter de quem valoriza (tem gente que não valoriza nada).
Parabéns Chico e muito obrigado.
Abraço.
Até mais.
Postar um comentário