2.9.11

Conecte os pontos

"Você não pode conectar os pontos olhando adiante. Você só pode conectá-los olhando para trás"(Steve Jobs)

Na foto: Ciclo Básico na Unicamp em dia de UPA
Hoje foi um dia um pouco atípico aqui na Unicamp. Demorei aproximadamente 2 horas para conseguir chegar no meu trabalho, vindo de casa, pois está ocorrendo o Universidade de Portas Abertas (UPA).
Entretanto, o que poderia deixar algumas pessoas extremamente irritadas, me deixou muito feliz. 
Estamos em festa justamente por receber a razão de estarmos aqui: a sociedade que acredita, de alguma maneira, que nós trabalhamos para melhorar ainda mais o futuro dela.
Realmente é bacana demais olhar os parques da Unicamp completamente cheios de vida, de um barulho bom e de novidades. Muito bom ouvir músicas novas, ver pessoas diferentes e ter a certeza de como a natureza é sábia por fazer-nos tão diferentes uns dos outros.
Bacana também perceber como cada um deles tem um sonho que pode estar intimamente ligado a algum curso da Unicamp.
Na foto: Lucas e Zezé (de Bebedouro) participando do UPA
Isso me fez recordar um dos melhores discursos da história, realizado pelo CEO da Apple (eternamente CEO) Steve Jobs que se afastou essa semana do comando da empresa para um tratamento.
Observar as palavras dele tem tudo a ver com o dia de hoje. Steve conta três histórias que mostram como as coisas se ligam umas as outras, como aparentemente o caminho já está traçado e seu coração já sabe disso, basta você aceitar.
Observe que ele, mesmo dizendo que a juventude é limitada e que devemos aproveitar esse momento, mostra uma juventude nos olhos e nas palavras, que parecem eternas.
Essa é uma justa, muito pequena, homenagem ao homem que praticamente criou o PC (copiado depois pelo Windows), criou as animações de computador (com o adorável Toy Story), reiventou a indústria fonográfica com o IPod, recriou o telefone com o IPhone e revolucionou mais uma vez a computação com o belíssimo IPad.


Hoje vim especialmente feliz para a Unicamp justamente porque vocês estariam aqui.
Tenho contudo em mim, como Jobs diz, que o trabalho ocupa grande parte de nossas vidas e devemos de alguma maneira fazer aquilo que gostamos, que desejamos fazer bem feitos.
Vale a pena ver o vídeo.
Grande abraço.
Até mais.

Postar um comentário