10.6.08

Em frente

"É preciso paz para poder sorrir" (Da música Tocando em frente de Ricardo Texeira)

Unb2

Na foto: Universidade de Brasília

Esta é a última postagem dos meus 24 anos.

Ano difícil, trabalhoso, um pouco angustiante. Se tiver que levar, porém, alguma lembrança vou levar todas as incríveis pessoas que conheci (e foram muitas hein), todos os sucessos (e foram muitos hein), todas as conquistas (mais do que as minhas, as nossas). Vou levar os ambientes repletos de amigos, os amigos de caráter. Se eu tiver que levar vou levar frases como estas:" Isto só serviu para fortalecer ainda mais", "Não tem jeito algumas coisas foram perdidas, mas o que sobrou é muito melhor" .

Se eu tiver que levar não, o que eu vou levar.

Vou levar cada comentário no blog, cada atenção, cada lição aprendida, cada sorriso, cada atenção, cada consideração, pois a vida não pode ser um amontoado de coisas que nos acontecem, mas aquilo que selecionamos para nós e para nos recordarmos.

Unb

Na foto: Da Universidade de Brasília (Gustavo e eu, os dois candangos perdidos ... rsrs)

Para quem me conhece bem, nada mais contraditório que colocar alguma música sertaneja, visto ser mais conhecido por gostar da alta tecnologia. Entretanto para falar de sentimentos não é necessário grandes inovações, só sinceridade e caráter.

Tocando em frente (Renato Teixeira)
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Ou nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia todo mundo chora,
Um dia a gente chega, no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir
Ando devagar porque já tive pressa
E levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz
Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir

A todos vocês o meu muito obrigado!!!

Espero contar contigo em mais este quarto de século.

Abraços.

Postar um comentário