6.4.10

Belfast – Parte I

“Há muitas coisas no seu coração que você nunca pode dizer a outra pessoa. Elas são você, suas alegrais particulares, suas tristezas e nunca podem ser contadas. Se as contas, você estará barateando-as, barateando a si mesmo” (Greta Garbo)

DSC03412

Na foto: Ida para o aerporto.

Estava na hora de sair e viajar um pouco pelo Reino Unido. Estava na hora de conhecer a Irlanda do Norte, mais precisamente Belfast.

DSC03417

Na foto: Chegada em Belfast.

Sinceramente neste dia não sei como consegui chegar no aeroporto. Estava com bastante sono e tive que descer numa cidade que nunca havia descido e pegar outro trem em outro local. Correria para chegar ao aeroporto a tempo de pegar o meu vôo para Belfat.

DSC03419

Na foto: “Prefeitura” em Belfast

O vôo eh bem rapido, creio que um pouco mais de uma hora. Chegando lá, apesar de os taxistas não darem informação apropriada, pegue um ônibus até o centro de Belfast. Bem perto e você paga apenas 2 pounds (libras-esterlinas).

DSC03431

Na foto: Eu em Belfast.

Fui a Belfast e no vôo comecei a ler sobre a cidade e o que poderia ver. Não houve tempo hábil para fazer um programa detalhado.

DSC03488

Na foto: Museu em Park

Creio que tive sorte, visto que se eu fizesse o programa antes de ir, eu não iria. Belfast me pareceu uma daquelas cidades que se você tem tempo sobrando e quer ver paisagens bonitas e experimentar a tranquilidade, você deve pegar um avião e seguir para lá. Caso tenha algo mais interessante deve fazer antes disso.

DSC03508

Na foto: Estátua no centro de Belfast

Isto contudo não desmerece em nenhum ponto a cidade. Lindissima, com parques muito bem cuidados. A população é bem simpática e hospitaleira.

DSC03519

Na foto: Universidade em Belfast

Você logo percebe que está na terra dos duendes e das lendas relacionadas com isso. Por incrivel que possa parecer, para mim, a Irlanda do Norte é completamente diferente da Irlanda. São realmente dois países muito distintos. Dublin ao meu ver é muito mais parecido com Glasgow do que com Belfast.

DSC03589

Na foto: Catedral em Belfast

Um dos pontos altos da visita são os prédios históricos lindíssimos e muito bem cuidados. Em Belfast também foi construído o Titanic e há muitas referências a ele na cidade.

DSC03604

Na foto: Eu em uma das fotos do Titanic.

Outra curiosidade sobre a cidade é que em praticamente toda esquina tem um mural relacionado a temas políticos. Percebe-se que a população é bastante politizada e expressa fortemente sua opinião por meio destes murais contra guerras e outros assuntos relacionados.

DSC03610

Na foto: Eu (e o peixe … parece uma cobra … mas eh um peixe :D)

Se for a Belfast minha primeira dica é pegar o Hop-on Hop-off e ver toda a cidade com um guia. É praticamente uma hora e meia e você terá conhecido todas as principais atrações da cidade. Principalmente um dos parques mais lindos que conheci e onde foi construído o Titanic. Estes lugares são bem longe do centro e se for a pé perderá um tempo precioso que pode ser usado para fazer um outro passeio, este sim, inacreditável.

DSC03645

Na foto: Eu

Sai de Belfast um dos cinco passeios mais lindos do mundo. Este passeio, para CauseWay, percorre a costa norte da Irlanda do Norte. Não tenho palavras para descrever este passeio. É somente comparável as Highlands na Escócia. É lindissimo e apaixonante. Você percorre a estrada vendo paisagens inéditas, praias lindissimas, cidades extremamente bem cuidadas e pitorescas, castelos e a visão mais impressionante de uma costa que é CauseWay, um processo natural que parece ter sido criado sobre medida por civilizações antigas extremamente avançadas.

DSC03652

Na foto: “Prefeitura” de Belfast.

Estas fotos e a descrição deste passeio é para uma outra postagem.

Estando na Inglaterra no fim vale demais a pena conhecer a Irlanda do Norte e principalmente sua costa, que está por vim.

Aquele grande abraço.

Até mais.

Postar um comentário