7.4.08

Já não chegou a hora?

 

Hoje não tem uma frase! Há muito tempo eu escrevi esta poesia. Mas quão atual ela ainda está. Já não está na hora, Pedro!

____________________________________________________________________

Livres do tempo (autoria própria)

Pena que este papel não possa conter o que minha mente já não suporta,

porque senão eu juro eu faria deste papel o depósito de toda a minha alma.

Eu não sou nem artista, nem um poeta que consiga ou precise fazer de minhas angústias, livros e telas, obras artísticas.

Deste modo faço de minhas ansiedades apenas momentos de reflexão.

Não sei se o ambiente ao meu redor é que me sufoca

Ou se o que me sufoca sou eu mesmo.

Palavras e frases amigas eu não ouço há tempos.

Como também não ouço palavras ou frases inimigas.

Aliás poucas vezes ouço.

O silêncio inimigo perturba e sabe que abala.

No silêncio consigo ouvir a mim mesmo

E de mim mesmo vem as palavras e frases angustiantes.

A vida não tem tantos sentimentos.

____________________________________________________________________

 

Grande abraço.

Até mais.

Postar um comentário