3.3.07

Fala Mestre

"É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante."

Placa da porta anunciando a defesa de mestrado.

E neste dia 02/03, após exatos dois anos de minha chegada em Campinas, houve a defesa de minha dissertação de mestrado. Após longos e árduos momentos de pesquisa, longos e deliciosos momentos de companhias de pessoas incríveis do Instituto de Física e do Grupo de Sólidos Orgânicos e Novos Materiais, fiz minha apresentação. Após longos e duradouros minutos de apresentação verifiquei pela opinião das mais importantes pessoas que o trabalho havia sido sério e que o suor havia valido a pena.

Na foto: A sala vazia que logo se encheria de pessoas, grande amigos, dos professores da banca e de duas professoras (Prof. Marília e Íris) que gostaria sinceramente de agradecer

Em um curto espaço de tempo percebi o quão feliz eu fui, o quão feliz eu sou e o quão feliz eu serei. Muito obrigado a cada um dos professores que comparecerão. A cada um dos amigos que mesmo não indo enviaram o seu "boa sorte"

Na foto: Silvânia e eu

Há realmente momentos na vida que a gente não esquece. Esta defesa, esta homenagem nunca será esquecida ... é ela que faz a gente sentir que realmente está valendo todo o esforço.

Ao meu orientador, Douglas meus sinceros agradecimentos pela ajuda sempre sincera e atuante.


  • O primeiro sintoma de que estamos matando nossos sonhos é a falta de tempo. As pessoas mais ocupadas têm tempo pra tudo. As que nada fazem estão sempre cansadas.

  • O segundo sintoma da morte de nossos sonhos são as nossas certezas. Porque não queremos olhar a vida como uma grande aventura a ser vivida, passamos a nos julgar sábios no pouco que pedimos da existência. E não percebemos a imensa Alegria que está no coração de quem está lutando.

  • O terceiro sintoma da morte de nossos sonhos é a Paz. A vida passa a ser uma tarde de domingo, sem nos pedir grandes coisas, e sem exigir mais do que queremos dar.
Por isto viva a vida em todas as suas facetas. Lute em cada batalha como sendo a mais importante. Para no final de tudo isto você poder chegar e dizer a Deus: muito obrigado pela vida que me deste, eu fiz muito bom uso dela e construi uma história muito bacana repleta de amigos e baseada na fidelidade, na honestidade, no companherismo e na fraternidade.

E vida nova, casa nova. A seguir imagens do nosso novo lar, doce lar: Castelo!!!


A todos o meu muito obrigado e até a próxima.

Postar um comentário